NÚMERO DE ÓBITOS CAUSADOS POR CÂNCER EM HOMENS NA CIDADE DE SÃO GOTARDO – MG, ENTRE OS ANOS DE 2014 A 2018

Vinícius Otávio de Souza, Hugo Christiano Soares Melo, Saulo Gonçalves Pereira

Resumo


Câncer é a denominação dada a doenças que tem em comum o crescimento desordenado de células e é considerado um dos agravos que provocam mais mortes no mundo, juntamente com as doenças cardiovasculares. Conforme dados do Instituto Nacional De Câncer (INCA), o câncer de pele é o que possui maior incidência em ambos os sexos. Nos homens a neoplasia maligna da próstata ocupa a segunda posição. Por isso, é de extrema importância ter conhecimento sobre a doença, pois quando diagnosticado precocemente, o câncer possui maior potencial de cura. Com isso, objetivou-se determinar a incidência de óbitos causados por câncer em homens na cidade de São Gotardo, Minas Gerais, Brasil, através de uma análise em base de dados da Secretaria Municipal de Saúde do município, analisando os óbitos de homens com idade entre 15 e 95 anos, portadores de neoplasias no município em questão no período de janeiro de 2014 a dezembro de 2018. O presente estudo comprovou que houve aumento no número de óbitos causados por câncer em homens na cidade durante o período de estudo (2014-2018), a maior incidência foi em idosos acima de 60 anos, a causa mais prevalente foi a neoplasia maligna da próstata (C61) e os óbitos ocorreram em maior frequência na própria cidade.


Texto completo:

Souza, Melo & Pereira

Referências


BRASIL. Instituto Nacional de Câncer. 2018. Detecção Precoce. Disponível em: http://www2.inca.gov.br/wps/wcm/connect/detecçãoprecoce/site/home/nobrasil/programa_detecçãoprecoce. Acesso em: 20 ago. 2019.

CBN. Apesar do clima, região sul é a com maior número de casos de câncer de pele. 2018. Disponível em: http://www.oncoguia.org.br/conteudo/apesar-do-clima-regiao-sul-e-a-com-maior-numero-de-casos-de-cancer-de-pele/11964/7/. Acesso em: 23 setembro. 2019

FERNANDES, Maria Andréa et al. Percepção dos enfermeiros sobre o significado dos cuidados paliativos em pacientes com câncer terminal. Ciência & Saúde Coletiva, [s.l.], v. 18, n. 9, p.2589-2596, set. 2013. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/s1413-81232013000900013. Acesso em 01 de novembro de 2019.

INSTITUTO NACIONAL DE CÂNCER. ABC do câncer: abordagens básicas para o controle do câncer. 2. ed. rev. e atual. – Rio de Janeiro: Inca, 2012. Disponível em: https://www.inca.gov.br/publicacoes/livros/abc-do-cancer-abordagens-basicas-para-o-controle-do-cancer. Acesso em 12/05/2019

INSTITUTO NACIONAL DE CÂNCER. INCA. Dados sobre o câncer. Rio de Janeiro, 2015. Disponível em: http://www.inca.gov.br/wcm/dncc/2015/por-tipos.asp>. Acesso em: 20 junho 2019.

INCA, ESTIMATIVA 2018: Incidência de Câncer no Brasil. Disponível em: http://www1.inca.gov.br/estimativa/2018/introducao.asp. Acesso em 20 de maio de 2019

LACRUZ, S. P.de; ABELLÁN, M. V.. Professional burnout, stress and job satisfaction of nursing staff at a university hospital. Revista Latino-americana de Enfermagem, [s.l.], v. 23, n. 3, p.543-552, 3 jul. 2015. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/0104-1169.0284.2586. Acesso em 12 de outubro de 2019

MALTA, D. C.; MORAIS NETO, O. L.; SILVA, M. M. A.; ROCHA, D.; CASTRO, A. M.; REIS, A. A. C.; AKERMAN, M.. Política Nacional de Promoção da Saúde (PNPS): capítulos de uma caminhada ainda em construção. Cien Saude Colet. V. 21, n. 06, p. 1683-1694. 2016.

OHL, I. C. B. et al. Ações públicas para o controle do câncer de mama no Brasil: revisão integrativa. Revista Brasileira de Enfermagem, [s.l.], v. 69, n. 4, p.793-803, ago. 2016. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/reben/v69n4/0034-7167-reben-69-04-0793.pdf. Acesso em: 10 set. 2019.

SALES, Catarina Aparecida et al. Cuidar de um familiar com câncer: o impacto no cotidiano de vida do cuidador. Revista Eletrônica de Enfermagem, [s.l.], v. 12, n. 4, p.616-21, 31 dez. 2010. Universidade Federal de Goias. Disponível em: http://dx.doi.org/10.5216/ree.v12i4.12160. Acesso em 12 de outubro de 2019.

SANTOS, N. A. R. dos; SANTOS, A. T. C.; SILVA, R. P. da. Coping strategies of nurses in the care of patients with head and neck neoplasms. Revista da Escola de Enfermagem da Usp, [s.l.], v. 50, n. 4, p.569-578, ago. 2016

SOUZA, G. R. M. de; CAZOLA, L. H. de O. ; OLIVEIRA, S. M. do V. L. de. Atuação dos enfermeiros da estratégia saúde da família na atenção oncológica. Esc. Anna Nery, Rio de Janeiro , v. 21, n. 4, 2017 . Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-81452017000400207&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 03 Nov. 2019.

SOUZA, G. R. M. et al. Atuação Do Enfermeiro Da Atenção Primária À Saúde Na Assistência Oncológica: Revisão Integrativa. Cogitare, Campo Grande, v. 1, n. 1, p.1-10, jan. 2017.

TEIXEIRA, Leônia Cavalcante. Implicações subjetivas e sociais do câncer de boca: considerações psicanalíticas. Arquivos Brasileiros de Psicologia, Rio de Janeiro, v. 61, n. 2, p.1-12, jan. 2009. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/pdf/arbp/v61n2/v61n2a07.pdf. Acesso em: 2 jun. 2019.

WORLD HEALTH ORGANIZATION. WHOQoL-Bref: Introduction, administration, scoring and generic version of the assessment. Field Trial Version 1996. Programme on mental health. Geneva. Disponível em: https://www.who.int/mental_health/media/en/76.pdf. Acesso em 14/05/2019




DOI: https://doi.org/10.1000/riec.v3i2.126

DOI (Souza, Melo & Pereira): https://doi.org/10.1000/riec.v3i2.126.g106

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Revista Interdisciplinar Encontro das Ciências - RIEC | ISSN: 2595-0959 |

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Revista Interdisciplinar Encontro das Ciências - RIEC | ISSN: 2595-0959 |

Centro Universitário Vale do Salgado

Rua Monsenhor Frota, 690

Bairro Centro | CEP: 63430-000 | Brasil, Icó-Ceará

Telefone: +55 88 3561-2760

E-mail: riec@fvs.edu.br