A VIOLÊNCIA FATAL NOS CASOS DE FEMINICÍDIO ÍNTIMO NA CIDADE DO CRATO NOS ANOS DE 2015 A 2018.

Adriana Freitas, Tamyres Madeira Brito, Ossian Soares Landim

Resumo


Este trabalho se propõe a compreender o fenômeno da violência fatal acerca das mulheres, identificada e tipificada como feminicídio pela Lei 13.104/2015. O estudo se deu através da pesquisa documental, onde foram utilizados procedimentos e técnicas para a compressão e análise dos discursos presentes nos documentos analisados. Os processos de criminalização e vitimação feminina podem ser compreendidos acerca da reflexão sobre o papel da mulher numa sociedade com traços machistas e patriarcais. Nesse sentido, é possível apreender que a violência contra a mulher, trata-se de uma violação aos direitos humanos, que se agrava como fenômeno comum, praticado em todas as classes, em todos os lugares e em todas as épocas, quanto produto da dominação masculina. Os casos de violência contra a mulher apresentam números alarmantes, segundo os dados de Monitoramento dos casos de violência contra a mulher na região do Cariri, realizado pelo Observatório da Violência e dos Direitos Humanos da Região do Cariri. Os mesmos dados apresentam o número de 771 registros de ocorrências na cidade do Crato, local onde foi realizada esta pesquisa. Dentro desse contexto, uma das grandes contribuições foi a Lei 11.340 de 2006, popularmente conhecida como Lei Maria da Penha, como forma de mobilizar o Estado e toda a sociedade para a necessária e diferenciada proteção as mulheres.


Texto completo:

Freitas, Brito & Landim

Referências


ADICHIE, Chimamanda Ngozi. Sejamos todos feministas. São Paulo, Companhia das Letras, 2014.

ARAÚJO, Maria de Lourdes Góes. ALBUQUERQUE, Grayce Alencar. ALENCAR, Olga Maria de. Monitoramento dos casos de violência contra a mulher na região do Cariri em 2016. Observatório da Violência e dos Direitos Humanos da região do Cariri - Universidade Regional do Cariri (URCA). / Escola de Saúde Pública do Ceará. Fortaleza: Escola de Saúde

BEAUVOIR, Simone de. O segundo Sexo / 2ª ed. tradução Sérgio Milliet – Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2009.

BOUDIEU, Pierre, 1930-2002. A dominação masculina /Pierre Kühner. - 11° ed. - Rio de Janeiro 160p. Bourdieu tradução Maria Helena. Bertrand Brasil, 2012.

BRASIL. Código Penal Brasileiro 1940. Disponível em: . Acesso em 10 de setembro de 2018.

BRASIL. Código de Processo Penal 1941. Disponível em: . Acesso em 15 de setembro de 2018.

BRASIL. Constituição 1988. Constituição [da] República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal. Disponível em: Acesso em: 22 de setembro de 2018.

BRASIL. Lei Maria da Penha 2006. Disponível em: Acesso poem: 04 de outubro de 2018.

BRASIL. Lei do Feminicidio 2015. Disponível em: . Accesso em: 05 de outubro de 2018.

DEL PRIORI. Mary. Histórias do Cotidiano. São Paulo: Contexto, 2001.

DIAS, Maria Odila Leite e Silva. Quotidiano e Poder em São Paulo no Século XIX: 2. Ed. rev. São Paulo: Brasiliense, 1995.

MACEDO, Eunice, Violência e violências sobre as mulheres: auscultando lugares para uma democracia “outra” mais autêntica. Mulheres, gênero e violência / Tânia Suely Antonelli Marcelino Brabo (org.). – Marília: Oficina Universitária; São Paulo: Cultura Acadêmica, 2015.

MACHADO, Marta Rodriguez de Assis. et al. A violência doméstica fatal: o problema do feminicídio íntimo no Brasil. Brasília: Ministério da Justiça, Secretaria da Reforma do Judiciário, 2015.

MELLO, Ramos Adriana. Feminicídio: breves comentários à lei 13.104/15. Disponível em: . Acesso em: 15 de outubro de 2018.

PINTO, Céli Regina Jardim. Feminismo, história e poder. Ver. Sociol. Polit., v. 18, n. 36, p. 15-23, jun. 2010.

PRADO, Débora. SANEMATSU, Marisa. Feminícidio: #invisibilidademata. São Paulo: Instituto Patrícia Galvão, 2017.

SAFFIOTI, Heleieth I.B. O poder do macho / Heleieth I.B. Saffioti. --Sao Paulo: Moderna, 1987. Coleção Polêmica.

SAFFIOTI, Heleieth I. B.; ALMEIDA, Suely Souza. Violência de gênero: poder e impotência. Rio de Janeiro: Livraria e Editora Revinter, 1995.

SILVA, Carmen. Feminismo e movimento de mulheres / Carmen Silva e Silvia Camurça. Recife: SOS Corpo – Instituto Feminista para a Democracia, 2010.

SOUZA, Artur de Brito Gueiros Souza, JAPIASSÚ Eduardo Adriano. Direito Penal: Volume Único. São Paulo: Atlas, 2018.




DOI: https://doi.org/10.1000/riec.v3i2.152

DOI (Freitas, Brito & Landim): https://doi.org/10.1000/riec.v3i2.152.g110

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Revista Interdisciplinar Encontro das Ciências - RIEC | ISSN: 2595-0959 |

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Revista Interdisciplinar Encontro das Ciências - RIEC | ISSN: 2595-0959 |

Centro Universitário Vale do Salgado

Rua Monsenhor Frota, 690

Bairro Centro | CEP: 63430-000 | Brasil, Icó-Ceará

Telefone: +55 88 3561-2760

E-mail: riec@fvs.edu.br