ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO PACIENTE QUEIMADO NA UNIDADE DE QUEIMADOS: UMA REVISÃO INTEGRATIVA

Iara Gomes da Silva, Pedro Paulo Rodrigues, Rayane Moreira de Alencar, Alana Mirella Rodrigues Tupiná, Antonia Daniele Auto Aleixo Turbano

Resumo


No Brasil, cerca de um milhão de pessoas se envolvem com algum tipo de queimaduras por ano, desde lesões cutâneas simples até sequelas físicas e psicológicas, aonde em alguns casos chegam até o óbito. Pacientes que tiveram algum tipo de queimadura possuem dor intensa e grande impacto emocional, sendo estes alguns dos fatores que interferem na sua recuperação. Diante disso, se faz preciso o conhecimento sobre a etiologia da queimadura, pois é um fator essencial para as estratégias e intervenções terapêuticas que são utilizadas. Esse estudo tem como objetivo descrever a assistência de enfermagem a pacientes vitima de queimaduras na unidade de grandes queimado. Tratou-se de uma Revisão Integrativa da Literatura, que foi realizada em Agosto de 2018 nas bases de dados LILACS, Medline e BDENF onde foi usado os DeSC: “Assistência de Enfermagem”, “Queimaduras” e “Unidade de Queimados”. A análise foi composta por 08 estudos, os quais foram escolhidos após os critérios de inclusão e exclusão. Os resultados mostraram que a assistência desenvolvida pela enfermagem possui como propósito a redução dos riscos de complicações e de sequelas, e na redução da dor, bem como foi possível entender a necessidade de uma assistência de enfermagem de maneira adequada e de modo contínuo, o qual favorece de positivamente no processo de cura e reabilitação do paciente vitima de queimaduras. Conclui-se que este estudo proporcionou o conhecimento a respeito da assistência de enfermagem ao paciente queimado, deixando evidente a importância do profissional de enfermagem em está em constante atualização e se capacitando.


Texto completo:

Silva et al.

Referências


BARBOSA, H. M.; JUNIOR, J. G. S.; LIMA, L. A. A. Assistência de enfermagem prestada a pacientes queimados: revisão integrativa. Revista Ciência & Saberes. v. 1, n. 1, 2015. Disponível em: . Acesso em: 24 ago. 2018.

CAMPOS, G. R. P.; PASSOS, M. A. N. Sentimentos da equipe de enfermagem decorrentes do trabalho com crianças em uma unidade de queimados. Revista Brasileira de Queimaduras. v. 15, n. 1, p. 35-41, jan./mar. 2016. Disponível em: . Acesso em: 15 ago. 2018.

CANELA, A F.; et al. Monitorização do paciente grande queimado e as implicações na assistência de enfermagem: relato de experiência. Revista Brasileira de Queimaduras. v. 10, n. 4, 2014. Disponível em: . Acesso em: 15 ago. 2018.

CARLUCCI, V. D. S.; et al. A experiência da queimadura na perspectiva do paciente. Revista da Escola de Enfermagem da USP, São Paulo. v. 41, n. 1. mar. 2017. Disponível em: . Acesso em: 15 ago. 2018.

CHAVES, S. C. S. conhecer os riscos para ter uma atuação precisa na prevenção da infecção hospitalar. Revista Brasileira de Queimaduras. v. 12, n. 3, 2013. Disponível em: . Acesso em: 15 ago. 2018.

COSTA, E. C. F. B.; ROSSI, L. A. As dimensões do cuidado em uma unidade de queimados: um estudo etnográfico. Revista da Escola de Enfermagem da USP. v. 37, n. 3, p. 72-81, 2013. Disponível em: . Acesso em: 15 ago. 2018.

MENDES, K.D.S.;SILVEIRA, R.C.C.P.;GALVÃO, C.M. Revisão Integrativa: método de pesquisa para a incorporação de evid~encias na saúde e na enfermagem.Texto completo.Enfermagem, Florianópolis , 2008, Out./Dez.;17(4); 758-64. Disponível em: . Acesso em: 24 ago. 2018.

MENEGHETTI, R. A. S.; et al. Planejamento da assistência a pacientes vítimas de queimaduras: relação entre os problemas registrados e cuidados prescritos. Revista da Escola de Enfermagem da USP, São Paulo. v. 39, n. 3, p 268-279, 2015. Disponível em: . Acesso em: 15 ago. 2018.

MOHER, D. et al. Reprint-preferred reporting items for systematic reviews and meta-analyses: the PRISMA statement. PhysicalTherapy, Alexandria, v. 89, n. 9, p. 873-880, 2009. Disponível em: . Acesso em: 24 ago. 2018.

OLIVEIRA, T. S.; MOREIRA, K. F. A.; GONÇALVES, T. A. Assistência de enfermagem com pacientes queimados. Revista Brasileira de Queimaduras. v. 11, n. 1, 2012. Disponível em: . Acesso em: 15 ago. 2018.

PINHO, F. M.; et al. Cuidado de enfermagem ao paciente queimado adulto: uma revisão integrativa. Revista Brasileira de Queimaduras. v. 16, n. 3, 2017. Disponível em: . Acesso em: 24 ago. 2018.

ROCHA, J. L. F. N.; et al. Qualidade de vida dos pacientes com sequelas de queimaduras atendidos no ambulatório da unidade de queimados do Hospital Regional da Asa Norte. Revista Brasileira de Queimaduras. v. 15, n. 1, p. 3-7, 2016. Disponível em: . Acesso em: 24 ago. 2018.

SILVA, B. A.; RIBEIRO, F. A. Participação da equipe de enfermagem na assistência à dor do paciente queimado. Revista Dor., São Paulo. v. 12, n. 4, out./dez. 2014. Disponível em: . Acesso em: 15 ago. 2018.

WHITTEMORE, R; KNAFL, K. The integrative review: updated methodology. J AdvNurs. v. 52, n. 5, p. 546-53, 2005. Disponível em: . Acesso em: 24 ago. 2018.




DOI: https://doi.org/10.1000/riec.v3i2.154

DOI (Silva et al.): https://doi.org/10.1000/riec.v3i2.154.g114

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Revista Interdisciplinar Encontro das Ciências - RIEC | ISSN: 2595-0959 |

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Revista Interdisciplinar Encontro das Ciências - RIEC | ISSN: 2595-0959 |

Centro Universitário Vale do Salgado

Rua Monsenhor Frota, 690

Bairro Centro | CEP: 63430-000 | Brasil, Icó-Ceará

Telefone: +55 88 3561-2760

E-mail: riec@fvs.edu.br