QUALIDADE DA ÁGUA EM PISCINAS COLETIVAS NOS MUNICÍPIOS DE JUNDIAÍ E VÁRZEA PAULISTA, SP, BRASIL

Mayara Cristina Carvalho Moreira, Gilberto Ranalli Aparecido, Ana Beatriz Carollo Rocha-Lima

Resumo


A qualidade da água utilizada para recreação é determinada pelo tipo de contato estabelecido entre o usuário e a água. O contato primário se refere às atividades em que há o contato direto do usuário com a água, bem como a possibilidade de ocorrer a sua ingestão. O objetivo do presente estudo foi avaliar a qualidade da água em duas piscinas de uso coletivo localizadas em Jundiaí-SP e Várzea Paulista-SP através da análise dos parâmetros físico-químicos e microbiológicos, bem como comparar os parâmetros obtidos com os padrões estabelecidos pelas normas vigentes. Os parâmetros físico-químicos foram analisados com a utilização do Ecokit II da marca Alfakit®, e os parâmetros microbiológicos foram analisados através do uso do Colipaper®. Análises confirmatórias foram realizadas em um laboratório industrial de Jundiaí-SP. Uma das piscinas apresentou pH 8,0, valor acima do ideal que é 7,2 e 7,8, e o ortofosfato estava acima do s parâmetros estabelecidos nas duas amostras. O ortofosfato normalmente indica a possível presença de detergentes, fertilizantes e pesticidas em recursos hídricos; porém, os parâmetros relacionados ao nitrogênio (nitrito, nitrato e amônia), que indicam o mesmo tipo de contaminação, estavam dentro dos padrões estabelecidos pelas normas vigentes. A partir dos resultados obtidos no presente estudo, pode-se concluir que, apesar da maioria dos parâmetros terem se mostrado satisfatórios, existe a necessidade de correção dos parâmetros que se mostraram em desacordo com os padrões estabelecidos a fim de preservar a saúde dos usuários destes espaços de lazer coletivos.

 

PALAVRAS-CHAVE

Ecokit II. Escherichia coli. Saneamento Ambiental.

 

ABSTRACT

 

The quality of the water used for recreation is determined by the type of contact established between the user and the water. Primary contact refers to activities in which the user has direct contact with water, as well as the possibility of ingesting it. The aim of this study was to evaluate the water quality in two collective use pools located in Jundiaí-SP and Várzea Paulista-SP through the analysis of physical-chemical and microbiological parameters, as well as to compare the parameters obtained with the standards established by the current rules. The physical-chemical parameters were analyzed using Alfakit® Ecokit II, and the microbiological parameters were analyzed using Colipaper®. Confirmatory analyzes were performed in an industrial laboratory in Jundiaí-SP. One of the pools had pH 8.0, above the ideal value is 7.2 and 7.8, and the orthophosphate was above the parameters established in the two samples. orthophosphate usually indicates the possible presence of detergents, fertilizers and pesticides in water resources; however, the parameters related to nitrogen (nitrite, nitrate and ammonia), which indicate the same type of contamination, were within the standards established by current regulations. From the results obtained in the present study, it can be concluded that, although most of the parameters have been satisfactory, there is a need to correct the parameters that were not in accordance with the established standards in order to preserve the health of the users of these collective leisure spaces.

 

KEYWORDS

Ecokit II. Escherichia coli. Environmental sanitation.


Texto completo:

Moreira, Aparecido & Lima

Referências


ABNT, Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR 10818: Qualidade de água de piscina. Nov. 1989.

ANA, Agência Nacional de Águas. Panorama da Qualidade das Águas Superficiais no Brasil 2012. Brasília: ANA, 2012, 264 p.

BARROS, E. A. C. et al. Avaliação da qualidade de água de piscinas em Palmas Tocantins. in IV Vice-Jornada de Iniciação Científica e Extensão. Disponível em: http://propi.ifto.edu.br/ocs/index.php/jice/jice/paper/viewFile/5962/3113. Acesso em 23 jul 2020.

BRANDÃO, C. J. et al. Guia nacional de coleta e preservação de amostras: água, sedimento, comunidades aquáticas e efluentes líquidos. Companhia Ambiental do Estado de São Paulo e Agência Nacional de Águas. São Paulo: CETESB; Brasília: ANA, 2011, 326 p.

BRASIL. Resolução CONAMA n. 274 de 29 de novembro de 2000. Define os critérios de balneabilidade em águas brasileiras. Brasília, DF: Diário Oficial da União, 25 jan. 2001, n.18, p. 70-71.

BRASIL. Resolução CONAMA n. 357 de 18 de março de 2005. Dispõe sobre a classificação dos corpos de água e diretrizes ambientais para o seu enquadramento, bem como estabelece as condições e padrões de lançamento de efluentes, e dá outras providências. Brasília, DF: Diário Oficial da União, 18 mar. 2005, n. 053, p. 58-63.

CANEPARI, P.; PRUZZO, C. Human pathogens in water: insights into their biology and detection. Current Opinion in Biotechnology, v. 19, n. 3, p. 241, 2008. 10.1016/j.copbio.2008.05.004

CETESB, Companhia Ambiental do Estado de São Paulo. Qualidade das águas interiores no estado de São Paulo 2016. São Paulo: CETESB; 2017, 287 p.

COYADO, G. A. L. et al. Análise físico-química e microbiológica de águas de pré e pós-tratamento na cidade de Jundiaí-SP. Análises físico-químicas e microbiológicas de águas de pré e pós-tratamento na cidade de Jundiaí-SP. Principia, v. 1, p. 200-207, 2019. https://doi.org/10.18265/1517-03062015v1n45p200-207

DÍAZ-SOLANO, B. H. et al. Calidad físico-química y microbiológica del agua en parques acuáticos. Hidrobiológica, v. 21, n. 1, p. 49-62, 2011.

IPQ, Instituto Português da Qualidade, Ministério da Economia. Recomendações para manter a qualidade da água de piscinas domésticas. Portugal: Comissão Setorial para Água (CS/04), 2015.

LOPES, F. W., & MAGALHÃES-JR, A. P. Avaliação da qualidade das águas para recreação de contato primário na Bacia do Alto Rio das Velhas, MG. HYGEIA-Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde, v. 6, n. 11, 2010.

REBELO, H. et al. Avaliação da qualidade da água de piscinas: estudo de alguns parâmetros bacteriológicos e físico-químicos. Boletim Epidemiológico do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, edição especial, p. 3-5, 2014.

SANTOS, C. C. M. et al. Bacteriological quality evaluation and waters chlorination of the collective alternative solutions (cas) in compliance with health ministry ordonnance no 2914 of december 12, 2011. periodico tche quimica, v. 15, n. 29, p. 333-338, 2018.

Santos, R. D. Avaliação dos parâmetros físico-quimicos e microbiológicos das águas de piscinas localizadas nos municípios de Ariquemes-RO. Trabalho de Conclusão de Curso, Graduação em Química da Faculdade de Educação e Meio Ambiente – FAEMA, 2015. Disponível em: http://repositorio.faema.edu.br:8000/jspui/handle/123456789/944. Acesso em 23 jul 2020.

SOUZA, J. R. et al. A importância da qualidade da água e os seus múltiplos usos: caso Rio Almada, sul da Bahia, Brasil. REDE-Revista Eletrônica do Prodema, v. 8, n. 1, 2014.




DOI: https://doi.org/10.1000/riec.v3i2.162

DOI (Moreira, Aparecido & Lima): https://doi.org/10.1000/riec.v3i2.162.g111

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Revista Interdisciplinar Encontro das Ciências - RIEC | ISSN: 2595-0959 |

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Revista Interdisciplinar Encontro das Ciências - RIEC | ISSN: 2595-0959 |

Centro Universitário Vale do Salgado

Rua Monsenhor Frota, 690

Bairro Centro | CEP: 63430-000 | Brasil, Icó-Ceará

Telefone: +55 88 3561-2760

E-mail: riec@fvs.edu.br