ESCALA ESTRATÉGICA DE APRENDIZAGEM DE ALUNOS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO | Felix | Revista Interdisciplinar Encontro das Ciências - RIEC | ISSN: 2595-0959 |

ESCALA ESTRATÉGICA DE APRENDIZAGEM DE ALUNOS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

Ednael Macedo Felix

Resumo


O trabalho aqui apresentado trata-se de uma pesquisa descritiva, quantitativa realizada entre os meses de junho e julho de 2017, em IES dos Estados do Ceará e do Piauí, com objetivo de descrever as estratégias de aprendizagem usadas pelos alunos dos cursos de Bacharelado em administração de empresa. A pesquisa considerou 183 participantes distribuídos entre o 1º e 8º semestre, com média de aplicação de 22,87 questionários por semestre considerando um d.p de 7,4. Considera-se que apesar da aprendizagem e do ensino serem indissociáveis, as orientações das escolas podem ser extremamente diversificadas dependendo da ênfase dada em cada polo. Dentre outras constatações a pesquisa em questão verificou que apenas 16% dos alunos pesquisados indicaram que costumam ler outros textos e livros sobre o assunto que o professor explicou, ou que criam perguntas e respostas sobre o assunto que está estudando.


Texto completo:

PDF

Referências


BORUCHOVITCH, Evely. A identificação e o estudo das variáveis associadas ao fracasso escolar brasileiro. Projeto de pesquisa realizado na qualidade de bolsista de recém doutor do CNPq. Faculdade de Educação, Departamento de Psicologia Educacional, Universidade de Campinas, 1995.

CUNHA, Norival Carvalho. O desenvolvimento do aprendizado é a construção do saber. Cadernos da FUCAMP, v. 13, n. 19, 2014.

KUENZER, Acacia Zeneida. A educação profissional nos anos 2000: a dimensão subordinada das políticas de inclusão. Educação e Sociedade, v. 27, n. 96, p. 877-910, 2006.

MORTATTI, Maria do Rosário Longo. História dos métodos de alfabetização no Brasil. Portal Mec Seminário Alfabetização e Letramento Em Debate, 2006.

MORIN, Edgar et al. Os setes saberes necessários à educação do futuro – 2. ed. – São Paulo : Cortez ; Brasília, DF : UNESCO, 2000.

NEVES, Edna Rosa Corre. A Construção de uma Escala de Estratégias de Aprendizagem para Alunos do Ensino Fundamental1. Psicologia: teoria e pesquisa, v. 22, n. 3, p. 297-304, 2006.

PRODANOV, Cleber Cristiano; DE FREITAS, Ernani Cesar. Metodologia do Trabalho Científico: Métodos e Técnicas da Pesquisa e do Trabalho Acadêmico-2ª Edição. Editora Feevale, 2013.

SANTOS, Sandra Carvalho Dos. O processo de ensino-aprendizagem e a relação professor-aluno: aplicação dos" sete princípios para a boa prática na educação de Ensino Superior". REGE Revista de Gestão, v. 8, n. 1, 2010.

SCHWARTZMAN, Simon; BROCK, Colin. Os desafios da educação no Brasil. Os desafios da educação no Brasil. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, p. 9-51, 2005.

SILVA FILHO, Roberto Leal Lobo et al. A evasão no ensino superior brasileiro. Cadernos de pesquisa, v. 37, n. 132, p. 641-659, 2007.




DOI: https://doi.org/10.1000/riec.v1i3.39

DOI (PDF): https://doi.org/10.1000/riec.v1i3.39.g28

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Ednael Macedo Felix

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Revista Interdisciplinar Encontro das Ciências - RIEC | ISSN: 2595-0959 |

Centro Universitário Vale do Salgado

Rua Monsenhor Frota, 690

Bairro Centro | CEP: 63430-000 | Brasil, Icó-Ceará

Telefone: +55 88 3561-2760

E-mail: riec@univs.edu.br