HUMANIZAÇÃO DO CUIDADO NO AMBIENTE HOSPITALAR

Rosângela Danila de Souza, Rayanne Sousa Barbosa, Kerma Marcia de Freitas, Cleciana Alves Cruz, Edilma Gomes Rocha Cavalcante

Resumo


A humanização é compreendida como um conjunto de diretrizes e princípios que garantem à valorização dos envolvidos no processo de produção de saúde dos usuários, trabalhadores e gestores. A escolha do tema deu-se pelos desafios ainda constantes da enfermagem no âmbito das práticas da Política Nacional de Humanização, para execução das diretrizes dessa política, as falhas ainda existentes e dificuldades no avanço nas práticas do cuidado. Esta pesquisa consiste em uma revisão integrativa da literatura de abordagem qualitativa, realizada por intermédio de uma revisão bibliográfica, com base em literaturas científicas já publicadas nas bases de diferentes diretórios on-line. Diante disto, a referida pesquisa buscou analisar a produção científica sobre a humanização da assistência de enfermagem no ambiente hospitalar, durante o período de 2012 a 2017, visando compreender a visão dos enfermeiros a respeito da humanização, verificar os fatores que interferem na prática do atendimento humanizado apontados pelos profissionais e identificar os recursos utilizados para promoção da humanização no ambiente hospitalar. Com relação aos resultados do estudo, obteve-se que a maior parte dos trabalhos publicados na área, foram em 2013, a maioria estudos qualitativos. Para as discussões, foram criadas três categorias: a visão dos enfermeiros sobre a humanização na assistência de enfermagem hospitalar; Dificuldade dos profissionais de enfermagem no atendimento humanizado; e os instrumentos utilizados para promover a humanização hospitalar.


Texto completo:

Souza et al.

Referências


ALVES, D. F. C.; MOURÃO, L. F.; MARQUES, A. D. B.; BRANCO, J. G. O.; CAVALCANTE, R. C.; ALBURQUERQUE, R. A. S. Processo de humanização na assistência de enfermagem à parturiente: revisão integrativa. SANARE, Sobral. v.16, n.02, p. 68-76, 2017.

AMARAL, L. F. P.; CALEGARI, T. Humanização da assistência de enfermagem à família na unidade de terapia intensiva pediátrica. Cogitare Enferm. v. 21, n. 3, p. 01-09, 2016.

ANDRADE, C. G.; COSTAS, F. G.; LOPES, M. E. L. Cuidados paliativos: a comunicação como estratégia de cuidado para o paciente em fase terminal. Ciênc Saúde Colet. v. 18, n. 9, p. 2523-30, 2013.

ANDRADE, R. C.; MARQUES, A. R.; LEITE, A. C. A.B.; MARTIMIANO, R. R.; SANTOS, B. D.; PAN, R. Necessidades dos pais de crianças hospitalizadas: evidências para o cuidado. Rev. Eletr. Enf. v. 17, n. 2, 2015.

BARBOSA, G. C.; MENEGUIM, S.; LIMA, S. S. M.; MORENO, V. Política nacional de humanização e formação dos profissionais de saúde: revisão integrativa. Rev Bras Enferm, Brasília, v. 66, n. 1, p. 123-237, 2013.

BENTO, L. R. A importância do Acolhimento no ambiente hospitalar. 2014. 25 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Programa de Aprimoramento Profissional) – Fundação Faculdade Regional de Medicina de São José do Rio Preto/SP, Área: Serviço Social na Saúde. São José do Rio Preto/SP, 2014.

BONA, D. Humanização e gestão hospitalar. 2016. 18f. Artigo de Pós-Graduação (Especialização em Gestão de Organização Pública em Saúde) Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria-RS, 2016.

BORGES, R. S. As potencialidades da promoção a saúde e a Política Nacional de Humanização. 2016. 12f. Artigo de Conclusão de Curso Técnico (Curso Técnico em Enfermagem) Instituto Federal de Ciência e Tecnologia, Porto Alegre-RS, 2016.

BRANCO, L. A. S. C.; MAIA, N. M. F. S.; LIMA, L. A. A. A construção do vínculo enfermeiro-cliente pelo diálogo no ambiente hospitalar. Rev Enferm UFPI. v. 5, n. 3, jul-set 2016.

BRASIL. Ministério da Saúde. Rede Humaniza SUS. Tiragem: 1ª ed – 1ª reimpressão – 2013 –2.000 exemplares – OS2013/0463.

CALEGARI, R. C.; MASSAROLLO, M. C. K. B.; SANTOS, M. J. Humanização da Assistência à saúde na percepção de enfermeiros e médicos de um hospital privado. Rev Esc Enferm, v. 49, n. (Esp2), p. 42-47, 2015.

CARVALHO, D. O.; SANTOS, N. N. R. C.; SILVA, A. R. V.; CARVALHO, G. C. N. Percepção do profissional de enfermagem acerca do cuidado humanizado no ambiente hospitalar. R. Interd. v. 8, n. 3, p. 61-74, jul. ago. set. 2015.

CHERNICHARO, I. M.; SILVA, F. D.; FERREIRA, M. A. Caracterização do termo humanização na assistência por profissionais de enfermagem. Escola Anna Nery Revista de Enfermagem. v.18 .n 1 Jan-Mar 2014.

DORICCI, G. C.; LORENZI, C. G.; PEREIRA, M. J. P. Programa Articuladores da Atenção Básica:Construindo humanização através do diálogo Physis Revista de Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 26, n. 4, p. 1271-1292, 2016.

DUARTE, M. L.C; NORO, A. Humanização do atendimento no setor de radiologia: Dificuldade e sugestões dos Profissionais de Enfermagem. Cogitare Enferm, v.18 n. p.532-8, 2013.

EVANGELISTA, V. C.; DOMINGOS, T. S.; SIQUEIRA, F. P. C.; BRAGA, E. M. Equipe multiprofissional de terapia intensiva: humanização e fragmentação do processo de trabalho RevBrasEnferm [Internet]. v. 69, n. 6, p. 1037-44, 2016.

FERNANDES, L, D.; GOTTENS, L. B. D. Humanização e ambiência na clínica médica do hospital de base do Distrito Federal. Revista Eletrônica Gestão & Saúde, v. 04, n. 02, p.1917-1931, 2013.

GUERRERO, P.; MELLO, A. L. S. F.; ANDRADE, S. R.; ERDMANN, A. L. O acolhimento como boa prática na atenção básica à saúde. Texto Contexto Enferm, Florianópolis, v. 22, n. 1, p.132-40, 2013.

MENDES, K. D.S.; SILVEIRA, R. C. C. P.; GALVAO, C. M. Revisão integrativa: Método de pesquisa para a incorporação de evidências na saúde e na enfermagem. Texto contexto - enferm. Florianópolis, v. 17, n. 4, 2008.

MICHELAN, V.C.A.; SPIRI, W.C. Percepção da humanização dos trabalhadores de enfermagem em terapia intensiva. Ver Bras Enferm[Internet].2018;v. 71 n. 2 p. 372-8.DOI: http://dx.doi.org/10.1590/0034-7167-2016-0485.

NETO ALCIDES. V. L.; NUNES, V. M. A.; FERNANDES, R. L.; BARBOSA, I. M. L.; CARVALHO, G. R. P. Acolhimento e Humanização da assistência em pronto-socorro adulto: Percepções de enfermeiros. Rev Enferm UFSM 2013 Mai/Ago.; v.3 n.2 p.276-286.

OLIVEIRA, N. E.; OLIVEIRA, L. M. A. C.; LUCCHESE. R.; ALVARENGA, G. C.; BRASIL, V. V. Humanização na teoria e na prática: a construção do agir de uma equipe de Enfermeiros. Rev.Eletr.Enf[Internet].2013abr/jun;v.15 n.2 p.334-43.

POTT, F. S; STAHLHOEFER, T; FELIX, J. V. C; MEIER, M. J. Medidas de conforto e comunicação nas ações de cuidado de enfermagem ao paciente crítico. Rev Bras Enferm, Brasília 2013 mar-abr; v.66. n 2 p. 174-9.

SANCHES, R. C. N.; GERHARDT, P. C.; RÊGO, A. S.; CARREIRA, L.; PUPULIM, J. S. L.; RADOVANOVIC, C. A. T. Percepções de profissionais de saúde sobre a humanização em unidade de terapia intensiva adulto. Esc Anna Nery, v. 20, n. 1, p. 48-54, 2016.

SAVIETO, R. M.; LEÃO, E. R. Assistência em Enfermagem e Jean Watson: Uma reflexão sobre a empatia. Esc Anna Nery. v. 20, n. 1, p. 198-202, 2016.




DOI: https://doi.org/10.1000/riec.v3i2.85

DOI (Souza et al.): https://doi.org/10.1000/riec.v3i2.85.g108

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Revista Interdisciplinar Encontro das Ciências - RIEC | ISSN: 2595-0959 |

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Revista Interdisciplinar Encontro das Ciências - RIEC | ISSN: 2595-0959 |

Centro Universitário Vale do Salgado

Rua Monsenhor Frota, 690

Bairro Centro | CEP: 63430-000 | Brasil, Icó-Ceará

Telefone: +55 88 3561-2760

E-mail: riec@fvs.edu.br