BUSCA DE SINTOMÁTICOS RESPIRATÓRIOS PARA CONTROLE DA TUBERCULOSE: AÇÕES DA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA | de Araújo Filho | Revista Interdisciplinar Encontro das Ciências - RIEC | ISSN: 2595-0959 |

BUSCA DE SINTOMÁTICOS RESPIRATÓRIOS PARA CONTROLE DA TUBERCULOSE: AÇÕES DA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA

Davi Correia de Araújo Filho, Karine Nascimento da Silva, Tacyla Geyce Freire Muniz Januário, Rayanne Sousa Barbosa, Jeane Lima Cavalcante, Edilma Gomes Rocha Cavalcante

Resumo


Objetivou-se analisar as ações dos agentes comunitários de saúde e técnicos em enfermagem da Estratégia Saúde da Família quanto à busca de sintomáticos respiratórios de tuberculose. Realizou-se um estudo descritivo, de abordagem qualitativa, realizado com 27 agentes comunitários de saúde e 27 técnicos em enfermagem. Na coleta de dados utilizou-se a entrevista semiestruturada e os dados foram categorizados por meio da análise de conteúdo. Na análise das entrevistas identificaram-se cinco categorias: formação dos profissionais de saúde; cotidiano da prática de busca ativa; cenário da estratégia de busca ativa; estigma e Relação profissional, facilidade e dificuldade no acesso, estrutura e transporte. Conclui-se, portanto, que as ações para buscar os sintomáticos respiratórios devem continuar avançando, pois, o diagnóstico precoce ainda é a melhor forma de controlar a TB.

 

PALAVRAS-CHAVE

Tuberculose. Estratégia Saúde da Família. Agentes Comunitários de Saúde. Enfermagem.


Texto completo:

Araújo Filho et al.

Referências


BARREIRA, D. Os desafios para a eliminação da tuberculose no Brasil. Epidemiol. Serv. Saúde, Brasília , v. 27, n. 1, e00100009, 2018 . Disponível em . Acesso em: 17 abr. 2020.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância Epidemiológica. Boletim Epidemiológico. Brasil Livre da Tuberculose: evolução dos cenários epidemiológicos e operacionais da doença. Brasília: Ministério da Saúde 2019. Disponível em: https://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2019/marco/22/2019-009.pdf. Acesso em: 4 de nov. 2019.

BAUMGARTEN, A. et al. Ações para o controle da tuberculose no Brasil: avaliação da atenção básica. Rev Bras Epidemiol. v. 22, e190031, 2019. Disponível em: . Acesso em 4 de abr. 2020.

MAIA, V. F. et al. Capacidade de oferta e execução dos serviços de atenção primária à saúde às pessoas com tuberculose. Enferm. actual Costa Rica (Online), v. 35, p. 52-62, 2018. Disponível em: Acesso em: 04 abr. 2020.

OLIVEIRA. C, B, B. et al. Gerência na atenção primária à saúde: discursividades sobre a busca de sintomáticos respiratórios da tuberculose. Texto Contexto Enferm, v. 25, n. 3, e2330015, 2016. Disponível em: . Acesso em 17 de nov. 2019.

GONZALES, R. I. C. et al. A descoberta da tuberculose no território: análise qualitativa do trabalho do agente comunitário de saúde. Ciencia y Enfermeria, v. 21, n. 2, p. 87-97, 2015. Disponível em: < https://scielo.conicyt.cl/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0717-95532015000200009&lng=es&nrm=iso&tlng=pt > Acesso em: 17 de nov. 2019.

PEREIRA, C. E. A. et al. Os saberes dos agentes comunitários de saúde de um município da Amazônia sobre a busca ativa do sintomático respiratório. Revista de Epidemiologia e Controle de Infecção, v. 8, n. 2, p. 1-7, 2018. Disponível em: < https://online.unisc.br/seer/index.php/epidemiologia/article/view/10417>. Acesso em: 17 de nov. 2019.

BARDIN, L. Analise de conteúdo. 70. ed. São Paulo: Almeidina Brasil, 2011.

MACEDO. S, M. et al. Estratégias para capacitação ao cuidado em Tuberculose. Cogitare Enferm, v. 21, n. 3, p. 1-8, 2016. Disponível em: < https://revistas.ufpr.br/cogitare/article/view/45339>. Acesso em: 17 de nov. 2019.

GABARDO, B. M. A. et al. Should active case finding be conducted among patients with respiratory symptoms independently of local epidemiological settings?. J bras pneumol, v. 45, n. 6, e20190171, 2019. Disponível em: . Acesso em 15 de nov. 2019.

SPAGNOLO, L. M. L. et al. Detection of tuberculosis: respiratory symptoms flow and results achieved. Rev Bras Enferm, v. 71, n. 5, p. 2692-700, 2018. Disponível em: . Acesso em: 15 de nov. 2019.

SACRAMENTO, D. S. et al. Organização dos serviços de saúde para o diagnóstico e tratamento dos casos de tuberculose em Manaus, Amazonas, 2014. Epidemiol Serv Saude, v. 28, n. 2, Brasília, 2019. Disponível em: . Acesso em: 16 de nov. 2019.

SILVA, L. T. et al. Perfil epidemiológico da tuberculose no serviço de referência do estado de Rondônia. Rev Epidemiol Controle Infecç, v. 9, n. 1, p. 48-54, 2019. Disponível em: < https://online.unisc.br/seer/index.php/epidemiologia/article/view/12249>. Acesso em: 16 de nov. 2019.




DOI: https://doi.org/10.1000/riec.v4i1.138

DOI (Araújo Filho et al.): https://doi.org/10.1000/riec.v4i1.138.g154

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Revista Interdisciplinar Encontro das Ciências - RIEC | ISSN: 2595-0959 |

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Revista Interdisciplinar Encontro das Ciências - RIEC | ISSN: 2595-0959 |

Centro Universitário Vale do Salgado

Rua Monsenhor Frota, 690

Bairro Centro | CEP: 63430-000 | Brasil, Icó-Ceará

Telefone: +55 88 3561-2760

E-mail: riec@univs.edu.br