EPISTEMOLOGIA, POLÍTICAS E UM OLHAR DOCENTE: IMPLANTAÇÃO DA BNCC NO ENSINO DE CIÊNCIAS DA NATUREZA E TECNOLOGIAS | Ferreira | Revista Interdisciplinar Encontro das Ciências - RIEC | ISSN: 2595-0959 |

EPISTEMOLOGIA, POLÍTICAS E UM OLHAR DOCENTE: IMPLANTAÇÃO DA BNCC NO ENSINO DE CIÊNCIAS DA NATUREZA E TECNOLOGIAS

José dos Santos Ferreira, Carlos Augusto Viana da Silva, Leoanardo Alcântara Alves

Resumo


Esta produção cientifica discute possíveis impactos causados por mudanças na educação básica, diante de problemas já enfrentados no ambiente escolar, problematizando principalmente aqueles causados, na visão de professores, pela nova proposta da Base Nacional Comum Curricular para o Ensino de Ciências da Natureza e Tecnologias. O objetivo geral investiga as mudanças propostas e suas possíveis implicações no Ensino de Ciências, a partir da implantação da BNCC. Especificamente se discutem os possíveis impactos das mudanças ocorridas, destacam a visão dos professores em relação à implantação da nova proposta e averiguam como ela poderá auxiliar no processo ensino/aprendizagem. Uma pesquisa on-line foi desenvolvida e aplicada com professores da rede pública municipal de ensino da cidade de Fortaleza-Ceará a fim de discutir, a partir da análise quali-quantitativa dos dados, empoderando-se da Teoria do Discurso, a visão docente sobre a implantação da BNCC. Os resultados demonstram que muitos professores concordam parcialmente com a estrutura do texto e com o plano curricular, outros desconhecem os mesmos termos e muitos acreditam que a nova estrutura não contribuirá para o crescimento educacional, além de haver falta de capacitação para implantação do texto base e de atenção para com o docente.

Texto completo:

Ferreira, Silva & Alves

Referências


BRASIL. Plano Nacional de Educação (PNE). Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira – Inep. Ministério da Educação, 2014.

CACHAPUZ, A.; PRAIA, J.; JORGE, M. Da Educação em Ciência às orientações para o Ensino das Ciências: um repensar epistemológico. Ciência & Educação, v. 10, n. 3, p. 363-381, 2004.

COOPER, D. R.; SCHINDLER, P. S. Métodos de pesquisa em Administração. 7ª edição. Porto Alegre: Bookman, 2003.

DIAS, R. Currículo, Docência e seus Antagonismos no Espaço Iberoamericano. Investigación Cualitativa, v. 2, n. 2, p.100-114, 2017.

FERRAÇO, C. E. Práticas-políticas curriculares cotidianas como possibilidades de resistência aos clichês e à Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Linhas Críticas, Brasília, DF, v.23, n.52, p. 524-537, jun.2017 a set., 2017.

FRANGELLA, R. de C. P.; DIAS, R. E. Os sentidos de docência na BNCC: efeitos para o currículo da educação básica e da formação/atuação de professores. Educação Unisinos, v. 22, n. 1, p. 7-15, janeiro-março, 2018.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6ª edição. São Paulo: Atlas, 2008.

HALL, S. Da diáspora: identidades e mediações culturais. Belo Horizonte: UFMG, 2003.

LACLAU, E. Emancipation(s). London: Verso, 1996.

LACLAU, E.; MOUFFE, C. Hegemony and socialist strategy. Londres: Verso, 2001.

LEVINE, D. M.; BERENSON, M. L.; STEPHAN, D. Estatística: Teoria e Aplicações usando Microsoft Excel em Português. Rio de Janeiro: LTC, 2000.

LIBERALINO, Y. T.; BEZERRA, N. S. F. R.; TORRES, C. M. G. Os temas transversais no ensino de Ciências e Biologia: uma revisão integrativa da literatura. Revista Interdisciplinar Encontro das Ciências, Icó-Ceará, v.3, n.1, p. 1075 – 1090, jan.-abr., 2020.

LOPES, A. C. Currículo e epistemologia. Ijuí: Editora UNIJUÍ, 2007. 232p.

LOPES, A. C. DEMOCRACIA NAS POLÍTICAS DE CURRÍCULO. CADERNOS DE PESQUISA, v. 42, n. 147, p. 700-715, set./dez., 2012.

LOPES, A. C. Por um currículo sem fundamentos. Linhas Críticas, Brasília, DF, v.21, n.45, p. 445-466, mai./ago. 2015.

LOPES, A. C.; MACEDO, E. Currículo. In: Teorias de Currículo. São Paulo: Cortez, 2011.

MACEDO, E. BASE NACIONAL CURRICULAR COMUM: novas formas de sociabilidade produzindo sentidos para educação. Revista e-Curriculum, São Paulo, v. 12, n. 03 p. 1530–1555, out./dez., 2014.

MOUFFE, C. Democracia, cidadania e a questão do pluralismo. Política & Sociedade, n. 3, p. 11-26, outubro de 2003.

PETRUCCI, R. M. I. Reseña de "Currículo e epistemologia" de Alice Casimiro Lopes. Revista Brasileira de Educação, vol. 12, núm. 36, p. 535-537, setembro-dezembro, 2007.

SANTOS, A. L. H.; BATISTA, E. C.; OLIVEIRA, M. L. M. C. Qualidade de vida de professores de uma escola estadual do interior do estado de Rondônia. Revista Interdisciplinar Encontro das Ciências, Icó-Ceará, v.3, n.1, p. 1053 – 1065, jan.-abr., 2020.

SANTOS, B. de S. Um discurso sobre as ciências na transição para uma ciência pós-moderna. Estudos Avançados, São Paulo: v. 2, n. 2, p. 46-71, may/aug, 1988.

SANTOS, G. E. O. Cálculo amostral: calculadora on-line. Disponível em: . Acesso em: 04 ago. 2018.




DOI: https://doi.org/10.1000/riec.v4i1.203

DOI (Ferreira, Silva & Alves): https://doi.org/10.1000/riec.v4i1.203.g151

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Revista Interdisciplinar Encontro das Ciências - RIEC | ISSN: 2595-0959 |

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Revista Interdisciplinar Encontro das Ciências - RIEC | ISSN: 2595-0959 |

Centro Universitário Vale do Salgado

Rua Monsenhor Frota, 690

Bairro Centro | CEP: 63430-000 | Brasil, Icó-Ceará

Telefone: +55 88 3561-2760

E-mail: riec@univs.edu.br